Destacam o poder da leitura para harmonizar e tornar as pessoas melhores

Sala de leitura. Foto: Divulgação do Programa Nacional de Salas de Leitura (PNSL) da Conaculta, México.

Sala de leitura. Foto: Divulgação do Programa Nacional de Salas de Leitura (PNSL) da Conaculta, México.

Inaugurando a Conferência Nacional de Mediadores de Sala de Leitura, que ocorreu no dia 22 de outubro na cidade de Mérida, Estado de Yucatán, México e contou com a participação de mais de 150 mediadores destas salas a diretora geral de publicações de Conaculta (Conselho Nacional para a Cultura e as Artes), Marina Núñez Bespalova ressaltou que já existem mais de três mil desses espaços em todo o país e alcançou a formação das pessoas, especialmente dos jovens.

Jorge Cortés Ancona, Marina Núñez Bespalova, Hiryna Enríquez Niño (representando os professores) .

Jorge Cortés Ancona, Marina Núñez Bespalova, Hiryna Enríquez Niño (representando os professores) .

As salas de leitura que surgem como um esforço social “são salas frutíferas que estão formando leitores com um nível de amplo e crítico de leitura.

” Acrescentou ainda que “São pessoas que sabem como escolher o que ler e que nos faz felizes e nos dá muita esperança e nos anima, nos dá confiança para continuar com o apoio dos outros.”  – Bespalova

Está comprovado, acrescentou, que as comunidades se deslocar no livro, inclusive têm apoiado a determinados programas de corte social, de harmonia, de pacificação, então é algo que deve ser apoiado por ser uma ferramenta valiosa de divulgação da cultura e a promoção da leitura .

Isso tem dado certo porque tivemos sensibilidade suficiente para encontrar uma maneira de que através da sociedade civil fosse possível disponibilizar livros para as pessoas, porque não podemos esperar que as pessoas leiam se não houver livros. Até mesmo porque

Onde o único lugar de acesso ao livro é uma sala de leitura, mas não falo de poucas. Existem áreas marginais que estão longe dos centros culturais e administrativos, onde há somente uma sala de leitura como espaço de acesso ao livro”. – Bespalova.

Para o chefe do Departamento de Fomento Literário e Promoção Editorial de Sedeculta (Secretaria de Cultura e das Artes), Jorge Cortés Ancona, afirmou que:

O papel que tem essa atividade não é apenas como lazer ou ócio criativo mas também como forma de comunicação e de convivência, pois nem sempre a leitura é um ato solitário já que é uma ação que se pode compartir frutuosamente”. – Ancona

Ancona disse ainda que a leitura é uma ferramenta para a sociedade poder desfrutar de uma convivência justa e pacífica e acredita na possibilidade de torná-lo uma ferramenta de redirecionamento da qualidade de vida de todos os cidadãos, independentemente da idade, etnia, gênero ou condição socioeconômica. Finalizou destacando que o encontro é importante para dar visibilidade ao trabalho feito pelos mediadores, o qual representa o maior ativo disponível para uma sociedade que é o capital humano: os nutridas nosso povo em sua expressão artística, livre nas suas manifestações culturais.

Fontes: 
http://www.informaciondelonuevo.com/2015/10/mediadores-de-salas-de-lectura.html
http://www.informador.com.mx/suplementos/2015/621535/6/destacan-poder-de-la-lectura-para-armonizar-y-hacer-mejores-personas.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s